5 dicas para redução de custos.

3 minutos para ler

ARMINDO

A otimização de recursos é vital para qualquer empresa, das menores às multinacionais. Encontrar o equilíbrio para reduzir custos sem prejudicar o crescimento do negócio é, portanto, um constante desafio para os gestores. A tarefa não é simples, mas pode ser facilitada quando se tem conhecimento de toda a estrutura organizacional, dos processos correntes na empresa e das áreas com potencial de melhorias. Cinco dicas podem orientar ações neste sentido.

– Estabeleça indicadores: A premissa de que “aquilo que não se mede não se gerencia” é bastante conhecida entre gestores, mas nem sempre é praticada. Estabelecer indicadores financeiros pode ajudar a identificar problemas e desperdícios de recursos.

– Dê atenção a todas as despesas: É importante estar atento a cada gasto da empresa, dos maiores aos menos expressivos. Isoladas, despesas como aquelas com corridas de táxi para colaboradores podem ser consideradas menores e esporádicas no dia a dia de cada departamento. Porém, quando somadas, elas têm grande peso no orçamento.

– Adote sistemas de gestão integrada: Para gerenciar recursos humanos, estoque, finanças e transportes, invista na gestão integrada. Por exemplo, muitas empresas já utilizam sistemas para gerir despesas com táxi. São ferramentas que registram trajetos, horários e valor médio por corrida, geram relatórios de itinerários, além de fazerem a interface com sistemas legados de RH e ERP (Enterprise Resource Planning) e disponibilizarem gráficos de utilização de cada departamento, os quais ajudam a entender todos os gastos. Este tipo de solução ajuda as empresas a ter mais transparência nos gastos. Além disso, a simplificação do processo resulta em otimização de tempo dos colaboradores.

– Engaje a equipe: os funcionários têm um papel crucial na redução de custos de uma companhia. Apesar disso, ainda é comum que não se sintam responsáveis pelo corte de despesas, relegando esta tarefa à equipe de finanças. Por isso, é importante que o gestor seja capaz de envolver a equipe e desenvolver uma consciência de sustentabilidade financeira, para que gastos desnecessários sejam evitados. Por exemplo, algumas companhias têm incentivado seus colaboradores a compartilhar táxis. Funcionários que têm compromissos externos avisam o destino e o horário da corrida e, então, colegas que têm rotas semelhantes combinam de ir juntos. Assim, o número de corridas de táxi é otimizado e os gastos são reduzidos.

– Repense a infraestrutura: a diminuição da frota de carros, por exemplo, pode resultar em uma redução significativa nos gastos. Isto porque a manutenção de uma frota própria implica em despesas com reparos mecânicos, seguro, impostos e depreciação. Então, vale a pena considerar a possibilidade de terceirizar os serviços de transporte, recorrendo aos táxis. Existem empresas que atuam exclusivamente no gerenciamento de chamadas e pagamentos de táxi corporativo.

Texto original retirado do Portal Administradores

Posts relacionados

Um comentário em “5 dicas para redução de custos.

Deixe uma resposta para Erika Silva Cancelar resposta

Share This