A qualidade de vida é, a cada dia, um fator com importância crescente para os profissionais. Cerca de 91% dos entrevistados que trabalham em companhias com medidas de bem-estar se sentem mais motivados. O reconhecimento também é relevante, o que torna o programa de incentivo uma excelente ferramenta.

Mas afinal, do que se trata esse programa? Basicamente, é um elemento estruturado que visa a recompensar os funcionários, de forma pontual ou contínua. Os critérios variam e podem incluir, por exemplo, a performance ou o impacto na organização.

Para aproveitar todas as vantagens, veja como um bom programa de incentivo impacta os resultados e entenda como colocá-lo em prática.

Quais são as soluções disponíveis?

Uma atuação do tipo, em geral, é pensada para atender a necessidades específicas do empreendimento e dos colaboradores. Então, não existe uma receita pronta ou que funcione para todos os negócios. Nesse cenário, há diversas soluções que podem ser empregadas e que promovem bons resultados. A seguir, veja quais são as principais e entenda como aplicá-las.

Flexibilização de horários

Uma pesquisa feita com 2.500 profissionais mostrou que 60% dos entrevistados consideram a flexibilidade de horários algo fundamental. Com as novas formas de trabalho, as pessoas esperam poder criar jornadas que ajudem a equilibrar a vida profissional com a pessoal.

O programa de incentivo tem a chance de incluir horários menos rígidos, montados de acordo com as preferências individuais. Também dá para investir em soluções como os bancos de horas. Assim, o excedente trabalhado pode ser convertido em folgas, que são tiradas baseadas nas necessidades de cada colaborador.

Brindes e recompensas

Outra forma de colocar o programa de incentivo em prática é oferecer brindes e prêmios para os colaboradores. Uma das possibilidades é elaborar recompensas que são dadas periodicamente, como uma vez por ano ou por semestre.

Também é possível criar as que são estruturadas e que dependem de resultados específicos. Quem tiver melhor desempenho ou contribuição para a empresa, por exemplo, pode ganhar premiações em dinheiro, viagens e brindes diversos.

De forma contínua, dá para criar um programa baseado em pontos. Dependendo dos resultados obtidos, os profissionais ganham e acumulam pontos. A somatória, então, é trocada por descontos e ofertas diversas, o que traz mais flexibilidade.

Promoção de atividades positivas

Um programa de incentivo também pode incluir a realização de atividades que promovem comportamentos positivos. Criar um espaço e pausas na rotina para a ginástica laboral, por exemplo, é um jeito de recompensar as pessoas. O mesmo vale para ambientes de lazer voltados para oferecer descanso de um modo mais completo.

O gestores ainda podem pensar em elementos como campanhas, palestras e oficinas. Programas de conscientização sobre a saúde e o bem-estar também devem ser considerados, de modo a garantir bons efeitos.

Comunicação transparente

Independentemente da solução escolhida, é essencial criar e manter um bom fluxo de comunicação. Todas as pessoas devem saber da existência do programa e o funcionamento. Afinal, é algo que leva à máxima participação.

Também é importante estar aberto a receber e dar feedbacks, independentemente do resultado. Isso ajuda na elaboração de novos recursos no futuro, além de favorecer o acompanhamento do desempenho.

Quais são os benefícios dos programas de incentivo?

Recorrer a esse método é um jeito de aproveitar os diversos pontos positivos gerados por ele. Quando bem executadas, as práticas dão origem a bons efeitos, principalmente, na gestão de recursos humanos. Na sequência, descubra quais são as maiores vantagens de recorrer a essa solução.

Ampliação da produtividade

Como visto, a preocupação com qualidade de vida e bem-estar é um fator motivador para os funcionários. Como consequência, isso gera um aumento na capacidade de atuação, uma vez que profissionais motivados são até 50% mais produtivos.

Essa elevação na produtividade é acompanhada pela redução de custos, pelo alcance de resultados com maior facilidade e pela diminuição de erros.

Fortalecimento do engajamento

Quando os colaboradores ficam motivados, eles sentem maior interesse em oferecer o que têm de melhor. Isso gera integração na conquista por desempenho e, ao fim, muito mais engajamento.

Quando o programa de incentivo está associado à consolidação de resultados, há uma dedicação ainda maior para a obtenção da premiação. Assim, o aumento do engajamento dos funcionários diminui a taxa de absenteísmo, melhora a eficiência e favorece o aproveitamento do capital humano.

Reforço na satisfação interna

Outro ponto muito importante é que as pessoas ficam satisfeitas quando a empresa dispõe de um programa de incentivo. Acima de tudo, essa é uma ferramenta para criar, manter e fortalecer o relacionamento. Assim, existe um ganho elevado na visão interna sobre o negócio e os processos.

Ao fim, um bom programa é capaz de deixar os colaboradores muito mais satisfeitos e com uma visão interessante sobre o estabelecimento. Tais efeitos levam a uma melhoria no relacionamento de forma estruturada.

Aumento na retenção de talentos

Todos esses benefícios culminam na redução de turnover ou de rotatividade. Ou seja, como as pessoas ficam mais satisfeitas e engajadas com o negócio, sentem um interesse menor em sair do empreendimento. Com o aumento no tempo de permanência, é possível consolidar a retenção de talentos.

Esse elemento faz com que a empresa tenha que gastar menos com contratações, demissões e treinamentos. Também favorece a criação de equipes coesas e que, enfim, levam a uma conquista ampliada de resultados.

Como executar um programa do tipo?

Para elaborar um programa de incentivo é preciso fazer um bom planejamento. Estude as necessidades e os interesses dos colaboradores e divida-os em grupos, caso as diferenças sejam destacáveis.

Em seguida, pense em quanto tempo e dinheiro a empresa deseja investir. Esse aspecto é importante porque programas complexos e contínuos exigem maior investimento. O empreendimento deve estar pronto para isso.

Depois, considere qual é a solução que se encaixa melhor entre as necessidades e as possibilidades. Defina também parceiros estratégicos. Se o prêmio é uma viagem, por exemplo, você pode pensar em oferecer gratuidade de transporte corporativo no destino, se estiver disponível.

Para finalizar, elabore as regras e particularidades e faça a comunicação ampla. Se for necessário, realize adaptações para que tudo se encaixe nas exigências da empresa. Não deixe de acompanhar os resultados e utilize-os para ter um planejamento cada vez mais eficiente.

O programa de incentivo é uma ferramenta essencial para deixar os funcionários satisfeitos e comprometidos. Ao reconhecer as soluções disponíveis, é possível obter os melhores resultados.

Para ter controle de todos os benefícios oferecidos aos colaboradores, faça um teste gratuito da Wappa e veja como a plataforma pode ajudar você.