blog1

Gregorios Sachinidis e o táxi que rodou 4.600.000 km

Cada carro roda, em média, 12.000 quilômetros por ano. Mantido esse ritmo, seriam necessários 383 anos (e uns quebrados) para rodar 4.600.000 quilômetros. Pois bem, esse número é exatamente a quilometragem que o Gregorios Sachinidis, taxista da cidade de Salônica, na Grécia, rodou com seu Mercedes 240D de 1976.

Em 1981, Sachinidis comprou o carro com “apenas” 350 mil quilômetros. Nos 23 anos seguintes, o taxista usou a Mercedes diariamente para trabalhar. O resultado? Sólidos 4.600.000 de quilômetros marcados no odômetro. Até a presente data, esta é a Mercedes-Benz com a maior quilometragem registrada!

Ao longo dos anos, a Mercedes 240D de Sachinidis recebeu quatro motores diferentes. Nada surpreendente aqui, tendo em vista a quantidade de quilômetros rodados. O impressionante é que mesmo dividindo o total de quilômetros rodados por quatro ainda temos 1.150.000 quilômetros por motor, número para fazer inveja mesmo para os melhores mecânicos da praça.

Quando se aposentou, o taxista grego doou seu Mercedes 240D para a coleção do Museu da Mercedes-Benz, em Stuttgart, na Alemanha. Em troca, a montadora alemã presenteou Sachinidis com uma Mercedes C 200 CDI novinha em folha. O que vocês acham, foi um bom negócio?

blog2

Gregorios Sachinidis doando seu táxi para o Museu da Mercedes-Benz, na Alemanha

blog3